quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Resíduos Sólidos/Lixões do Tráfico


DEGRADAÇÃO


"O fechamento do lixão de Gramacho se impunha por diversas razões, ambientais e de saúde pública. mas nada justifica o abandono da área pelo poder público, razão pela qual, quadrilhas atuam na região com desenvoltura, e até mesmo começam a surgir lixões clandestinos."
                                                                                    Emanuel Alencar


Dando prosseguimento à postagem anterior, sobre lixões do tráfico, surgem novos fatos, por exemplo, uma funcionária da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Duque de Caxias (RJ) pede exoneração do cargo, possivelmente motivada pelas ações dos bandidos na área. Ontem a prefeitura encerrou de vez as atividades de transferência de lixo que tinha licença para operar na entrada do aterro Jardim Gramacho, fechado em junho de 2012. houve uma transferência do lixo para um espaço novo às margens da Rodovia Washington Luís, visando um maior controle sobre o tráfico. Em maio a prefeitura de Caxias apresentou um projeto à esfera federal, orçado em 200 milhões, para a recuperação do aterro, porém a crise financeira está sendo um empecilho.

Crianças brincam no lixo no entorno do aterro Jardim Gramacho



O Globo, 04/08/2015, Pág. 10


Nenhum comentário:

Postar um comentário