segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Baía de Guanabara/Resíduos Sólidos


te
s.Resultado de imagem para ecobarcos


Estado do Rio de Janeiro só recolhe 7,5% do lixo jogado na Baía de Guanabara

Segundo a ABRELPE (Associação de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), apesar de todas as medidas paliativas listadas aqui no Blog, apenas 7,5% de todo o lixo jogado na Baía é recolhido. De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, serão incrementadas todas essas ações que são realizadas, como ecopontos, ecobarreiras, ecobarcos, etc...Para isso serão usados recursos do FECAM (Fundo Estadual de Conservação Ambiental). O secretário, àquele que mergulhou nas águas da Baía para comprovar sua balneabilidade, informou também que a empresa ProOceano passa a monitorar, em tempo real, os ecobarcos e promete também um sistema de gestão amparado numa modelagem matemática de marés, interrompido em 23 de fevereiro.

Obs.: Estamos nos referindo apenas a maquiagem dos resíduos flutuantes. Nada se acrescenta à questão dos efluentes.


http://www.google.com.br/imgres?imgurl=http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/sites/_agenciabrasil/files/imagecache/300x225/gallery_assist/24/gallery_assist737653/prev/Ecobarca-limpeza0213.jpg&imgrefurl=http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2014-01-03/ecobarcas-comecam-trabalho-de-recolhimento-de-lixo-da-baia-de-guanabara&h=225&w=300&tbnid=1rOFfIp8U5WLJM:&docid=Psr3aqH_EdN4jM&ei=lZ3IVcXaOcaswATsmbywDQ&tbm=isch&ved=0CE0QMygnMCdqFQoTCIX5xLTGnscCFUYWkAod7AwP1g

Jornal O Globo,10/08/2015, Pág.6.


Nenhum comentário:

Postar um comentário