segunda-feira, 14 de setembro de 2015

DESERTIFICAÇÃO NO NORDESTE DO BRASIL


DESERTIFICAÇÃO


Um levantamento do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (LAPIS), da Universidade Federal de Alagoas, mostra que a desertificação mais grave alcança 50.799 quilômetros quadrados, que corresponde a 5,25%  da área do semiárido. Deste total 40.684 quilômetros quadrados são de caatinga.
A Paraíba é o estado com maior número de municípios afetados com a desertificação do solo, que pode torná-lo imprestável. As secas e as ações  do homem (desmatamento, mineração e uso inadequado do solo) são as principais causas do agravamento da situação.






https://www.google.com.br/search?q=degrada%C3%A7%C3%A3o+do+solo+e+desertifica%C3%A7%C3%A3o+no+nordeste+do+brasil&espv=2&biw=1366&bih=599&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0CAcQ_AUoAmoVChMItsKw14brxwIVhoqQCh17jgx9&dpr=1

Jornal Olobo,08/09/2015, Pág. 21

Nenhum comentário:

Postar um comentário