sexta-feira, 20 de maio de 2016

ESPÉCIES RARAS DE ARARAS

Espécies raras de araras serão reintroduzidas em seu habitat no sertão da Bahia

As ações de readaptação e soltura das aves serão coordenadas pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres com apoio do Ministério do Meio Ambiente

por Afonso Capelas Jr.
     
  • 0
AWWP

Filhotes de ararinha-azul (Cyanopsitta spixii) que nasceram esse ano na AWWP

Filhotes de ararinha-azul (Cyanopsitta spixii) que nasceram na AWWP
Em breve duas espécies ameaçadas de extinção voltarão a povoar o sertão da Bahia: as ararasmaracanãs-verdadeiras (Primolius maracana) e as ainda mais raras ararinhas-azuis (Cyanopsitta spixii)que só existem em cativeiro. Um projeto de iniciativa da Al Wabra Wildlife Preservation, ONG sediada no Catar, prevê para o final do ano que vem a soltura de 20 maracanãs-verdadeiras em Curuçá, cidade do norte baiano. Depois, em 2019 – quando se comemora 200 anos da descoberta da ararinha-azul pela ciência – um bando de machos e fêmeas de dez maracanãs e mais dez ararinhas-azuis serão readaptadas ao seu habitat na mesma região, na fazenda Concórdia, com mais de 2 300 hectares, de propriedade da ONG Al Wabra.
http://viajeaqui.abril.com.br/materias/especies-raras-de-araras-serao-reintroduzidas-em-seu-habitat-no-sertao-da-bahia?utm_source=redesabril_viagem&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_ngbrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário