sábado, 26 de março de 2016

ODS / 230 INDICADORES GLOBAIS


Comissão de Estatística aprova 230 indicadores globais para monitorar Objetivos Globais da ONU


Em 2015, Estados-membros adotaram conjunto de novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que deverão ser cumpridos até 2030. Foto: ONU / Cia Pak
Em 2015, Estados-membros adotaram conjunto de novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que deverão ser cumpridos até 2030. Foto: ONU / Cia Pak

Conjunto de indicadores foi aprovado em sessão presidida pelo Brasil, representado pelo IBGE. Monitoramento da implementação da Agenda 2030 vai exigir dos países uma produção de dados em quantidades sem precedentes.
A Comissão de Estatística das Nações Unidas aprovou nesta sexta-feira (11) um conjunto de 230 indicadores globais que serão utilizados para monitorar e revisar o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no mundo. Conjunto de métodos de mensuração foi adotado pelo organismo ao final de sua 47ª Sessão, presidida neste ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Com a resolução da Comissão, o quadro de indicadores globais será encaminhado ao Conselho Econômico e Social da ONU e à Assembleia Geral para ser avaliado e adotado.
O organismo das Nações Unidas especializado em estatísticas destacou que os princípios globais de medição não foram feitos para supervisionar os avanços a nível regional e nacional, pois este controle dependerá, em última instância, das realidades e capacidades de cada país.
Os indicadores acordados até o momento são voltados para o monitoramento em escala mundial e não são necessariamente aplicáveis a contextos nacionais, que podem requerer o desenvolvimento de mecanismos distintos para avaliar os progressos.
“Os indicadores dos ODS vão exigir que uma quantidade inédita de dados seja produzida e analisada – e é evidente que isso vai colocar um desafio significativo para os sistemas estatísticos nacionais tanto em países em desenvolvimento, quanto nos desenvolvidos”, afirmou o subsecretário-geral da ONU para Assuntos Econômicos e Sociais, Wu Hongbo.
Em julho desse ano, análises do que está sendo feito, a nível nacional e por temas, para implementar a Agenda 2030 vão ser realizadas no Fórum Político de Alto Nível sobre Desenvolvimento Sustentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário