quarta-feira, 17 de junho de 2015

Crimes Ambientais/Lagoa de Jacarepaguá/RIO2016



VANDALISMO NA LAGOA DE JACAREPAGUÁ



Estamos nos referindo à postagem anterior a esta, que fala da recuperação do manguezal na área do Parque Olímpico.  Infelizmente, 70 mudas de mangue-vermelho (do qual já falamos aqui no blog, nas primeiras postagens) foram cortadas, de acordo com Mário Moscatelli, na Lagoa de Jacarepaguá. O biólogo  está investindo há cerca de 1 ano num projeto de plantio de mudas de mangue, as quais entre coleta de sementes, produção, plantio e cuidados demoraram 5 anos para atingir o seu ponto ideal para serem levadas a esse local.  A motivação pode ser retaliação à retirada de moradores da Vila Autódromo, na Barra da Tijuca, A recuperação da faixa marginal da lagoa é o maior legado ambiental do Parque Olímpico, pois pássaros e capivaras já começam a voltar ao local. A área de recuperação é estimada em 57 mil metros quadrados, descaracterizada devido a ocupação irregular iniciada nos anos 60. Até agora foram retiradas por volta de 50 toneladas de resíduos e estima-se que 35% dos trabalhos foram concluídos, faltando plantar 20 mil mudas no trecho de mangue.

Em: Jornal O Globo, 16/06/2015, Pág.. 16

Nenhum comentário:

Postar um comentário